postal_3

Em 1900 os turistas que chegavam por mar, nas viagens de cruzeiro, tinham no circuito da sua viagem a passagem pela Madeira.

O navio chegava à baía, onde os passageiros eram conduzidos em pequenos botes até ao cais do Funchal. Seguiam a pé até à avenida zarco e reunindo junto ao monumento de Zarco “entravam” na cidade.

Circulavam pela cidade, a pé ou de “caleche”

O roteiro até ao monte era realizado a partir de zarco, onde eram conduzidos no carro americano (linha de ferro americano) entre a praça da constituição e o Pombal.

Terreiro da luta

Local fascinante pelas suas formosas paisagens de frescura e verdura dos seus campos, é de incomparável beleza, famoso pela lenda da aparição da Santíssima Virgem a uma pobre e inocente pastorinha, o terreiro da luta é sem dúvida um dos melhores pontos para observar a baía do funchal. 

Um ponto privilegiado com vista panorâmica soberba, descrita por um escritor da altura (1921) de “é superior à energia das palavras e ao vigor do pincel mais hábil” o terreiro da luta era impressionante na vista mas um local de difícil acesso, devido ao caminho íngreme de superfície calcetada de calhau , acessível a pé, nas redes ou carros de arrasto.